Compartilhe :

Estabilizar o peso, enrijecer a pele e evitar que o adepto volte a engordar são objetivos da fase 3 da dieta HCG

Sem HCG: fase 3 da dieta busca estabilização do peso

Se você está chegando para a fase 3 da dieta HCG, já passou pela parte conhecida como a mais difícil. É chegada então a fase da estabilização. Aqui, o trabalho é feito para que se mantenha o peso constatado no primeiro dia de fase 03. Isso porque no último dia de transição poderá ainda haver perda de peso, por ainda ser uma dieta hipocalórica. Na terceira etapa, que tem duração de 21 dias, a regra primordial é não consumir açúcares e carboidratos.

A alimentação aqui já deixa de ser tão restritiva caloricamente. Pode-se consumir uma média de 1.200 a 1.500 calorias por dia, mais do que o dobro consumido na fase 2. Tudo que é feito na fase da estabilização são para que os quilos a mais não voltem e a pele que sobrou não fique mais flácida, depois de toda gordura ter sido eliminada.

Para monitorar os resultados na fase da estabilização, é imprescindível a pesagem diária do adepto à dieta HCG. Caso a margem de um quilo (1), seja ultrapassado, não deve haver desespero, e sim foco. O praticante pode utilizar algum método para eliminar o excesso. Uma das alternativas é o “dia do bife” – é permitido beber líquidos durante todo o dia e um bife grande na hora do jantar, acompanhado de uma maçã ou um tomate. A pesagem, na manhã seguinte, deve mostrar o peso da última dose do HCG, sob o limite de um quilo para menos.

Dicas importantes para a fase 3:

Na terceira etapa da dieta HCG é fundamental ler os ingredientes no rótulo dos alimentos. Isso porque muitos alimentos industrializados trazem em sua fórmula açúcares e carboidratos. E estes são alimentos restritos.

Açúcares mascavo, de confeiteiro, melado, xarope de milho, mel, suco de frutas, glucose, lactose, frutose, maltose, galactose, xilose, amilose e balactose, são alguns dos compostos que você precisa identificar nos rótulos dos alimentos. 

Já no caso do carboidrato, é preciso evitar pão, arroz, massa, bolacha, bolo, batata, cereal, entre outros tipos. É fundamental que o carboidrato esteja FORA do cardápio, neste momento. Lembrando, que existem, também, outros nomes dados ao carboidrato, são eles, farinha de trigo (qualquer tipo); dextrina; maltodextrina; amido de milho; glúten de milho; farinha de milho; cevada; amido modificado; sorgo; mandioca; aveia; centeio; trigo mourisco e fécula de batata.

Leites e derivados, desde que não contenham adição de açúcar, poderão voltar a ser consumidos. A opção recomendada é que sejam alimentos com gordura reduzida ou sem nenhuma gordura.

Reaprendendo a comer:

Ao voltar à alimentação normal, é possível que o praticante da dieta HCG não consiga consumir o que gostava antes do protocolo. Isso ocorre porque o corpo se habituou com o consumo de poucas calorias, e pode demorar até 30 dias para ajustar-se ao novo cardápio. 

Lista do que comer na fase da estabilização:

As carnes voltam ao seu prato! São livres, desde que dentro do consumo calórico. Apenas salsichas, que têm muita gordura ainda não são permitidas. No mais, considere-se feliz, pois a fase difícil já foi.

Bacon;
Carne seca;
Carne assada;
Alce;
Linguiça;
Presunto;
Linguiça Calabresa;
Fígado;
Peixes;
Aves.


Explorar as possibilidades alimentícias, que a fase três da dieta
HCG é a melhor opção. Isso porque existe uma infinidade de alternativas deliciosas. Abaixo, os legumes sugeridos:

 

  • Brotos de Bambu;
  • Brotos de Feijão;
  • Acelga;
  • Brócolis;
  • Couve de Bruxelas;
  • Couve-flor;
  • Berinjela;
  • Vagens;
  • Chuchu;
  • Pimenta Jalapeño;
  • Cogumelo;
  • Quiabo;
  • Picles;
  • Abóbora;
  • Rabanete;
  • Pimenta Vermelha;
  • Ervilha;
  • Abobrinha;
  • Pimentões (todos os tipos);
  • Nabo;
  • Agrião.
Frutas

Algumas frutas têm muito açúcar, que não é permitido na etapa 3. A indicação é de que se consuma no máximo 100 gramas, das seguintes frutas: melão, morango, limão e abacate. Leites e derivados sem açúcar, esta é a única restrição na etapa da estabilização da dieta HCG.

  • Leite;
  • Manteiga;
  • Queijo Minas;
  • American;
  • Brie;
  • Cheddar;
  • Muçarela;
  • Parmesão;
  • Provolone;
  • Reino;
  • Queijo de Corda;
  • Suíço;
  • Requeijão;
  • Cheddar;
  • Cremoso;
  • Catupiry.

    Outros

     

  • Azeite;
  • Creme de leite Light;
  • Óleo;
  • Banha de Porco;
  • Manteiga de amendoim (sem açúcar);
  • Ketchup (sem açúcar);
  • Mostarda (sem açúcar);
  • Café;
  • Todos os chás;
  • Refrigerante Diet;
  • Suco Diet;
  • Sucos em pó Diet;
  • Adoçante;
  • Gelatina Diet.

Adicione seu comentário ou resposta. Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *